Home » Do Estado Novo ao Pós-Modernismo Cultural by Henrique Pinto
Do Estado Novo ao Pós-Modernismo Cultural Henrique Pinto

Do Estado Novo ao Pós-Modernismo Cultural

Henrique Pinto

Published 2013
ISBN :
Paperback
272 pages
Enter the sum

 About the Book 

Uma história de amor assim, a condicionar muitos outros amores, é testemunho vigoroso para quem ouse trilharsemelhantes veredas. Dificilmente se encontra uma viagem tão aventurosa, imaginativa e criadora como a feita nestastrês décadas. AMoreUma história de amor assim, a condicionar muitos outros amores, é testemunho vigoroso para quem ouse trilharsemelhantes veredas. Dificilmente se encontra uma viagem tão aventurosa, imaginativa e criadora como a feita nestastrês décadas. A originalidade de muitos dos caminhos calcorreados a ninguém serviria se deixada no efémero noticioso.Daí a leitura desta saga cultural com as ferramentas das ciências sociais. Não há qualquer oposição entre o objeto depaixão e o seu estudo sério, nem promiscuidade entre o ser-se a um tempo intérprete e construtor de sentidos, a ciência e os factos aparecem de mistura com a intimidade.Os leitores acedem a todos os ângulos desta paixão. Em tal contexto conhecem-se as características, facetas, atores efrustrações dum fenómeno cultural e cívico único, a saga duma instituição do terceiro sector por demais referenciada mas nunca antes explicada do ponto de vista sociológico.O percurso romanesco é passível de enquadramento no que foi considerado deverem ser «paradigmas culturais para opaís», quando analisados os exemplo das políticas culturais de Cascais e Porto. Os pressupostos para tal são sobreponíveis à política seguida por esta casa de Leiria vários anos antes da destes municípios. A sua ação contribuiu para o desenvolvimento cultural pós-moderno, reflexo da sociedade contemporânea marcada por fluxos entre o global e o local. É ainda praxis ungida pela evidência científica positiva dos resultados face ao impacto favorável na valorização cognitiva de quantos influencia. Caso de excelência, tem condições para se impor à degradação do tecido económico e cultural sob influência da economia neoliberal vigente. Por ser a verdade, dirime-se esta análise como novela repleta de personagens sedutoras a interagirem com ternura e firmeza.